Usamos cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Flamengo e São Paulo disputam troféu em momento de instabilidade

Os preços cobrados pelos ingressos na decisão da Copa do Brasil irritaram os torcedores


Por Folhapress Publicado 16/09/2023
Flamengo e São Paulo disputam troféu em momento de instabilidade
Foto: Instagram/ Reprodução

Irritaram torcedores de Flamengo e São Paulo os preços cobrados pelos ingressos na decisão da Copa do Brasil. Incluídos na conta o jogo de ida, neste domingo (17), no Maracanã, e o de volta, no seguinte (24), no Morumbi, o menor valor de face de uma entrada é de R$ 200 (há descontos para sócios-torcedores).

      Até o Procon-RJ, o órgão de defesa do consumidor do governo fluminense, cobrou explicações. Mas os preços foram mantidos, mais uma dor de cabeça para quem vai às partidas. Os apoiadores dos dois times têm motivos para ver a final com alguma cautela, após resultados preocupantes nos últimos confrontos.

      O Flamengo é basicamente um finalista em crise. Há evidente clima de intranquilidade no elenco, com ao menos dois casos recentes internos de agressão. Não é bom o ambiente dos jogadores com o técnico Jorge Sampaoli.

      Uma vitória sobre o rival Botafogo, líder do Campeonato Brasileiro, chegou a provocar ânimo no início do mês. Mas, após a pausa no calendário para a realização de partidas entre seleções, a equipe levou 3 a 0 do Athletico Paranaense, em Cariacica, na última quarta-feira (13), pelo torneio nacional de pontos corridos, e voltou o ar de tensão.

      “São derrotas que machucam, que ferem”, afirmou o meia Everton Ribeiro. “A gente se entrega. Não falta vontade. Se fosse fácil resolver, a gente teria resolvido. O que temos que fazer é ir para casa, trabalhar e vencer um jogo que é muito importante”, disse Gabigol, que pediu apoio da torcida no Rio.

      “O clima tem que ser positivo. Se não me engano, o São Paulo também perdeu. Eles não ganham há um bom tempo no Brasileiro, tenho certeza de que vão vir motivados para ganhar no Maracanã, como a gente também. Acho que é relembrar os momentos em que os torcedores nos apoiaram e fizeram com que fôssemos campeões. A gente precisa deles”, acrescentou o atacante.

      Gabigol tem razão. Também na quarta, o São Paulo perdeu, por 2 a 1, para o Internacional, em Porto Alegre, mais um em uma série de resultados negativos. Desde que eliminou o Corinthians nas semifinais da Copa do Brasil, há um mês, o time tricolor só venceu um de seus cinco jogos: um triunfo amargo sobre a LDU, do Equador, com eliminação da Copa Sul-Americana nos pênaltis.

      Houve ainda um empate com o Botafogo (reserva) e derrotas para LDU e América-MG, algo minimizado por Dorival Júnior. “O jogo de domingo é outro momento, outra característica. Sinceramente, o passado, esse pequeno histórico, não é problema nenhum. Temos que estar focados e determinados para dois jogos importantíssimos na história do clube”, disse o treinador.

      O São Paulo nunca venceu a Copa do Brasil. E tem na competição sua única chance de título na temporada, já que é enorme a distância para o líder do Campeonato Brasileiro. O mesmo vale para o Flamengo, que teve múltiplos fracassos no ano e joga as suas últimas fichas no mata-mata.

      ✅ Quer receber mais conteúdo? Clique aqui e siga o Canal eLimeira Notícias no WhatsApp.