Usamos cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

São Paulo e Flamengo decidem título da Copa do Brasil neste domingo

Calor recorde preocupa São Paulo e Flamengo para final da Copa do Brasil neste domingo


Por Redação Educadora Publicado 24/09/2023
São Paulo e Flamengo decidem título da Copa do Brasil neste domingo
Foto: Rubens Chiri/ saopaulofc.net

Chegou a hora de conhecer o campeão da edição 2023 da Copa do Brasil. Para isso, São Paulo e Flamengo medem forças, a partir das 16h deste domingo (24) no estádio do Morumbi.

Na partida de ida o Tricolor Paulista foi melhor e venceu o jogo por 1 a 0, em pleno estádio do Maracanã. Assim, agora joga pelo empate para ser campeão, o que seria algo inédito para o clube, pois a Copa do Brasil é o único título que ainda falta na sala de troféus do São Paulo.

O Soberano vem motivado para o jogo de volta da final, após vitória fora de casa na partida de ida, com gol do centroavante argentino Jonathan Calleri. O clube vive a expectativa do título inédito, tanto que entrou com os reservas na última quarta-feira (20) diante do Fortaleza, pelo Campeonato Brasileiro, o que culminou na derrota da equipe paulista por 2 a 1. O Tricolor não esconde que o foco de suas atenções é realmente a final da competição de mata-mata, e com a derrota agora ocupa a 13ª posição na tabela do Brasileirão.

O técnico Dorival Júnior tem a possibilidade de ser tricampeão da competição, já que a conquistou em 2010 com o Santos e no ano passado com o Flamengo. Além disso, os jogadores estão fechados e compenetrados para entregar o título que falta ao clube, e consequentemente escreverem seu nome na história da tão tradicional equipe paulista.

Já o Flamengo vive uma crise sem precedentes. Com o incidente envolvendo o vice-presidente Marcos Braz e um torcedor nesta semana decisiva, além de outros desentendimentos entre membros do elenco nos últimos meses, o Rubro-Negro da Gávea vive um dos anos mais conturbados de sua história no que diz respeito à expectativa versus realidade.

Dentro de campo as coisas também não vão bem. Nos últimos cinco jogos o Flamengo marcou apenas dois gols, e assim caiu na classificação do Brasileirão, onde atualmente ocupa a 7ª colocação. Com isso, o técnico argentino Jorge Sampaoli balança no cargo, principalmente em caso de não vencer a Copa do Brasil neste domingo.

Calor recorde é preocupante

A decisão da Copa do Brasil será quente tanto dentro quanto fora de campo, já que há uma previsão de que aconteça um recorde de temperatura na história da capital paulista, com os termômetros podendo chegar aos 38°C durante o jogo.

Cientes deste fator, os departamentos de fisiologia, nutrição e preparação física dos dois clubes organizaram um planejamento especial para amenizar os efeitos do clima.

O Tricolor, por exemplo, já está trabalhando em cima disso há mais de dez dias, como revelou o técnico Dorival Júnior.

“É uma situação que estamos preocupados há algum tempo. Há mais de dez dias estamos fazendo um processo de hidratação muito forte com os jogadores, tentando prevenir e melhorar na totalidade o aproveitamento do grupo em relação a tudo isso. Sabemos que pode ser um dia muito quente. Estamos tentando fazer isso para dar as melhores condições aos jogadores”, disse Dorival Júnior, técnico do São Paulo.

O Flamengo também já tem trabalhado a parte de hidratação há algum tempo e a intensificou imediatamente após o treino de ontem (23). A estratégia foi elaborada pelo nutricionista Paulo Cavalcanti sob supervisão do Gerente de Saúde e Alto Rendimento, Márcio Tannure.

A reportagem apurou que a concentração do hotel onde os jogadores estão hospedados em São Paulo teve os frigobares dos quartos abastecidos com uma abundância de líquidos, com água, isotônicos e suplementos hidratantes.
Já as refeições terão um cardápio rico em legumes, verduras e carboidratos simples, visando à maximização dos estoques energéticos e facilitação da digestão dos atletas.

No estádio, além da hidratação, ocorrerá uma suplementação individualizada no pré-jogo e no intervalo.

CBF DETERMINA PARADA

A CBF também se sensibilizou com a previsão de alto calor durante o jogo e determinou que ocorram as chamadas “paradas técnicas” para a hidratação, que a Confederação Brasileira de Futebol chama oficialmente de “parada médica”. Isso ocorrerá nos dois tempos da partida e já havia sido aplicado no duelo de ida, no Maracanã.

Pelo regulamento da entidade, esta pausa para que os atletas e árbitros se hidratem tem de acontecer aos 30 minutos de cada etapa.

Veja outras recomendações presentes no regulamento da CBF:

Durante as paradas médicas os atletas deverão ter acesso à: “líquidos com ou sem eletrólitos para ingestão; líquidos para molhar regiões corporais; toalhas molhadas, esponjas ou similares para resfriamento corporal; carboidratos que podem ser servidos em forma de gel, líquido, ou frutas”.

O clube poderá solicitar à CBF “a autorização especial para que mais dois profissionais de saúde possam entrar, exclusivamente para auxiliar durante os procedimentos das paradas médicas”.

Outras recomendações: “A escolha de vestimenta mais apropriada (cor, textura e propriedade de absorção de suor / evaporação), considerando as questões climáticas de incidência de sol e temperatura / umidade; Troca do uniforme no intervalo da partida”.

Orientações para os árbitros: “Decorridos 2’30” de paralisação, o árbitro determinará que os atletas se posicionem para o reinício da partida; O cronometro do árbitro não será interrompido e, ao final de cada um dos tempos de jogo, serão acrescidos os três minutos ou o tempo utilizado, sem prejuízo das necessárias reposições de tempo decorrentes das demais paralisações previstas pelo texto das regras do jogo”.

✅ Quer receber mais conteúdo? Clique aqui e siga o Canal eLimeira Notícias no WhatsApp.