Usamos cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Bolsonaro deve chegar ao Brasil às 7h desta quinta-feira (30)

Atualmente, o ex-presidente enfrenta ao menos 16 ações de investigação na Justiça Eleitoral que podem deixá-lo inelegível


Por Folhapress Publicado 29/03/2023
Bolsonaro diz que volta ao Brasil
Foto: Reprodução Instagram

Bolsonaro deve chegar ao Brasil às 7h desta quinta-feira (30).

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) já fez o check-in para seu voo de retorno ao Brasil.

A viagem, com embarque em Orlando, ocorrerá durante a madrugada desta quinta-feira (30) – o desembarque está previsto para ocorrer por volta de 7h em Brasília. A Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal prepara um esquema de segurança especial para a chegada do ex-presidente.

Bolsonaro viajou para os EUA em 30 de dezembro de 2022, um dia antes de deixar a Presidência, e, rompendo uma tradição democrática, não passou a faixa presidencial para seu sucessor, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Com uma série de ações, pois, que podem resultar na perda de seus direitos políticos, Bolsonaro será julgado pela Justiça Eleitoral com base em uma legislação de inelegibilidade que endureceu na última década.

Bolsonaro no Brasil

Atualmente, o ex-presidente enfrenta ao menos 16 ações de investigação na Justiça Eleitoral que podem deixá-lo inelegível.

Integrantes do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) querem acelerar a tramitação desses casos para analisá-los até o meio do ano.

Questionado neste mês se tentará concorrer ao Planalto em 2026, contudo, Bolsonaro respondeu afirmando que não é alvo de acusações de corrupção e mencionou a hipótese de se tornar inelegível pelo TSE por causa de reunião com embaixadores promovida no ano passado na qual criticou, sem provas, o sistema de votação.

“Existe essa possibilidade de inelegibilidade, sim. A questão de prisão, só se for uma arbitrariedade”, disse na ocasião.

O ex-mandatário, no entanto, já havia anunciado retorno ao Brasil em outras ocasiões, sempre com recuos.

No início deste mês, o filho mais velho do ex-mandatário, o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) anunciou em suas redes sociais que seu pai voltaria ao Brasil no dia 15.

Depois de 14 minutos, fez uma nova postagem recuando.

✅ Quer receber mais conteúdo? Clique aqui e siga o Canal eLimeira Notícias no WhatsApp.