Usamos cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Tutores do cachorro Tony falam sobre ataque e morte do animal

Os tutores relataram o ataque e afirmaram que imagens de câmeras de monitoramento da empresa mostraram que o animal não ameaçou atacar


Por Redação Educadora Publicado 26/04/2023
Tutores do cachorro Tony falam sobre ataque e morte do animal
Foto: Reprodução/ Arquivo Pessoal

A Educadora conversou com Allan Eduardo Cano e Anderson Luís Cano, tutores do cachorro Tony, de aproximadamente 8 anos, que foi morto após ser baleado por um Guarda Civil Municipal (GCM), na noite desta segunda-feira (24), no Jardim São Rafael, em Limeira (SP).

Os tutores relataram o ataque e afirmaram que imagens de câmeras de monitoramento da empresa mostraram que o animal não ameaçou atacar, mas que apenas passava pela rua para retornar a empresa.

Nas redes sociais, a empresa de transportes lamentou o ocorrido e relatou: “Nosso companheiro Tony, da raça pastor alemão que alegrava nossos dias no escritório e ajudava a proteger as dependências da nossa empresa, foi vítima de um atentado”.

A diretoria da empresa ainda declarou que acredita na Justiça e que está à disposição para as investigações.