Usamos cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Filhos de Gugu Liberato fazem homenagem para aniversário do apresentador

Apresentador, morto após um acidente doméstico em 2019, completaria 63 anos


Por Folhapress Publicado 11/04/2022
Filhos de Gugu Liberato pedem fim de espetáculo e dizem que mãe está contra eles
Foto: Reprodução (Instagram)

João Augusto, Sofia e Marina, filhos de Gugu Liberato (1959-2019), dedicaram um post em suas redes sociais neste domingo (10) para relembrar o aniversário de seu pai, que hoje completaria 63 anos. “Pai amigo, companheiro e acima de tudo amoroso. Vivemos muitas aventuras juntos e tenho certeza que ainda estamos vivendo! Dessa vez com ele em meu coração”, escreveu Sofia Liberato em legenda de um vídeo no Instagram.

Ao fundo de uma exibição de fotos com o pai, “Here Comes The Sun”, dos Beatles, tocava. “Essa música do vídeo sempre que escuto me vem sua lembrança que aquece meu coração, ele era o sol que por onde passava iluminava a vida de todos”, explica. Marina postou um vídeo do TikTok que fez com toda a família. “Parabéns papai, eu te amo eternamente! Brilha aí em cima como você brilhou aqui na terra”, escreveu. “Saudades enorme [sic] das suas brincadeiras, risadas, pegadinhas, e broncas. Você sempre estará comigo nos meus momentos de conquistas e falhas.”

A viúva Rose Miriam De Matteo também fez sua homenagem em seu perfil. “Que vc comemore seu aniversário ao lado do Nosso Senhor Jesus Cristo. Saudades”, escreveu. Em novembro do ano passado, no dia em que se completou dois anos da morte do apresentador, os filhos se pronunciaram sobre a importância da doação de órgãos. Na campanha eles dizem que os órgãos do cantor salvaram 50 vidas. “Por isso, nesta data tão importante, apesar da saudade gostaríamos de lembrar da importância da doação de órgãos”, escreveram na época.

MORTE

Gugu Liberato, 60, teve a morte anunciada no dia 21 de novembro de 2019. Ele morreu em um hospital em Orlando, no estado americano da Flórida, onde foi internado no dia anterior ao falecimento dele. O apresentador, que morava em um condomínio nos arredores da cidade, caiu de uma altura de quatro metros, quando fazia um reparo no ar-condicionado instalado no sótão.