Usamos cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Diniz faz primeira convocação para Eliminatórias da Copa do Mundo 2026

Novidades na lista são lateral-esquerdo Caio Henrique e goleiro Bento


Por Redação Educadora Publicado 19/08/2023
O técnico interino da seleção brasileira masculina, Fernando Diniz, deu início nesta sexta-feira (18) ao ciclo para a Copa do Mundo de futebol masculino de 2026 ao realizar a primeira convocação para as Eliminatórias Sul-Americanas, na sede da CBF, no Rio de Janeiro.
Foto: Thais Magalhães/CBF/Agência Brasil

O técnico interino da seleção brasileira masculina, Fernando Diniz, deu início ao ciclo para a Copa do Mundo de futebol masculino de 2026 ao realizar a primeira convocação para as Eliminatórias Sul-Americanas, na sede da CBF, no Rio de Janeiro.

Entre as novidades na lista estão o lateral-esquerdo Caio Henrique, do Monaco (França) e o goleiro Bento, do Athletico-PR, além do retorno do atacante Neymar, do Al-Hilal (Arábia Saudita), após o Mundial do Catar. As informações são da Agência Brasil.

Boa parte da equipe, no entanto, segue a mesma das últimas convocações. Outros destaques da relação de Diniz, que segue no comando técnico do Fluminense, são o meio-campista André e o zagueiro Nino – ambos do Tricolor carioca – e Raphael Veiga (Palmeiras).

O treinador, de 49 anos, contratado pela CBF até meados de 2024, esclareceu os critérios que usou para fechar a relação de convocados.

“Em relação à convocação, é sempre complexo, difícil, porque são muitos jogadores em condição de serem convocados. Obviamente o critério técnico é preponderante para a gente fazer uma análise e decidir os nomes, mas é sempre muito complexo”, afirmou Diniz.

Sobre a volta de Neymar à seleção brasileira, Diniz acredita que o atacante pode surpreender em campo.

“Em relação ao Neymar, tivemos uma conversa. Obviamente que a competitividade da Europa é uma e a Arábia Saudita pode ser outra. Não sabemos como vai ser. O Neymar está com muita vontade de escrever essas páginas bonitas que faltam na história dele como jogador. Essa vontade será capaz de superar qualquer dificuldade em relação à competitividade da Arábia Saudita”, disse o treinador

O Brasil estreia nas Eliminatórias contra a Bolívia, em 8 de setembro (sexta-feira), às 21h45 (horário de Brasília), no recém-inaugurado Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, em Belém. Quatro dias depois, a seleção visita o Peru, às 23h, na capital Lima.

As Eliminatórias Sul-Americanas reúnem ao todo 10 países. Os seis primeiros colocados ao fim das 18 rodadas, asseguram vaga direta no Mundial.

Há ainda uma sétima vaga para o continente sul-americano, que será disputada na repescagem. A Copa de 2026, a primeira com 48 seleções, será realizada nos Estados Unidos, Canadá e México.

CONVOCADOS

Goleiros

Alisson – Liverpool (ING)

Ederson- Manchester City (ING)

Bento – Athletico

Laterais direitos

Danilo – Juventus (ITA)

Vanderson – Monaco (FRA)

Laterais esquerdos

Renan Lodi – Olympique (FRA)

Caio Henrique – Monaco (FRA)

Zagueiros

Ibañez – Al-Ahli (Arábia Saudita)

Gabriel Magalhães – Arsenal (ING)

Marquinhos – PSG (FRA)

Nino – Fluminense

Meio-campistas

André – Fluminense

Bruno Guimarães – Newcastle (ING)

Casemiro – Manchester United (ING)

Joelinton – Newcastle (ING)

Raphael Veiga – Palmeiras

Atacantes

Antony – Manchester United (ING)

Gabriel Martinelli – Arsenal (ING)

Richarlison – Tottenham (ING)

Rodrygo – Real Madrid (ESP)

Neymar – Al-Hilal (Arábia Saudita)

Vinicius Júnior – Real Madrid (ESP)

Matheus Cunha – Wolverhampton (ING)