Usamos cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Botion discute retomada de agência do Ministério do Trabalho em Limeira

Botion pediu que sejam levantadas as demandas para estruturar a agência do MTE em Limeira


Por Redação Educadora Publicado 19/07/2023
Botion discute retomada de agência do Ministério do Trabalho em Limeira
Foto: Divulgação/ Prefeitura de Limeira

O prefeito Mario Botion recebeu, na tarde desta terça-feira (18), a gerente regional do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) em Piracicaba, Gabriela Albuquerque e líderes de sindicato ligados à União Sindical dos Trabalhadores de Limeira (USTL). Em pauta, eles discutiram a retomada do atendimento presencial do MTE em Limeira.

Na ocasião, abordou-se o atual deficit de funcionários enfrentado pelo Ministério do Trabalho que, segundo a gerente regional, está há uma década sem reposição de servidores. Ela lembrou ao Chefe do Executivo que a situação se agravou nos últimos anos, com a aposentadoria de diversos trabalhadores. “O município entende esta necessidade e, no que cabe a nossa administração, estudaremos a realização de convênio, para viabilizar a abertura de uma agência na cidade”, disse o prefeito.

Ao se colocar à disposição para atender a demanda, Botion pediu que sejam levantadas as demandas para estruturar a agência do MTE em Limeira. Ele reforçou que parcerias como estas já ocorrem no município, com a cessão de espaço e servidores para a manutenção de diversos serviços, como a Farmácia de Alto Custo, Ciretran, Cartório Eleitoral, Junta Militar e IBGE, entre outros. “Se for algo para beneficiar o cidadão, vamos avançar na realização desse convênio com o ministério”, citou.

RECEPTIVIDADE

O presidente da USTL, Artur Bueno Júnior, agradeceu a receptividade e o compromisso de Botion com a classe trabalhadora. Ele destacou que há mais de dez anos o MTE deixou de operar na cidade, causando diversos transtornos aos trabalhadores. “Para resolver problemas simples, às vezes relacionados ao seguro-desemprego, é preciso se deslocar até Piracicaba”, salientou. Nesse sentido, ele pediu apoio do prefeito na concessão de um espaço para abrigar o serviço em Limeira.

Também compareceram à reunião, o secretário de Desenvolvimento, Turismo e Inovação, Tito Almirall, o secretário interino de Saúde, Alexandre Ferrari, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Urbano (Sindttrul), Alex Aparecido de Oliveira, a presidente do Sindicato dos Vigilantes, Mirian Marques, o presidente do Sindicato dos Comerciários (Sinecol), Paulo Cesar da Silva, o diretor do Sindicato dos Frentistas, Ismael dos Santos, o advogado do Sindicato dos Trabalhadores em Bares, Aparecido Assis, e o presidente do Sindeguarda, Rubens Bueno.

✅ Curtiu e quer receber mais notícias no seu celular? Clique aqui e siga o Canal eLimeira Notícias no WhatsApp.