Usamos cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Prefeitura de Limeira explica atraso na obra da Praça Maria Buzolin

O dreno da fonte da praça apresentou um problema que “requer um procedimento mais complexo”


Por Carlos Gomide Publicado 21/11/2022
Prefeitura de Limeira explica atraso na obra da Praça Maria Buzolin
Prazo para término da obra aconteceu na semana passada. FOTO: Carlos Gomide

A Prefeitura de Limeira explicou o motivo do atraso na obra da Praça Maria Buzolin, originalmente marcada para terminar na segunda-feira da semana passada, dia 14 de novembro. Na semana passada, a reportagem do A Voz do Povo esteve no local e constatou que a obra, que custou quase R$1,5 milhão aos cofres do município, contava apenas com dois operários. Eles trabalhavam na colocação de pedras do calçamento do instrumento público. 

De acordo com nota enviada pela Secretaria de Comunicação, o dreno da fonte da praça apresentou um problema que “requer um procedimento mais complexo”. Com relação à falta de iluminação do local, também percebida pela reportagem na semana passada, a Prefeitura informou que a empresa responsável havia instalado os refletores, que precisaram ser retirados para a troca da fiação do local. A promessa é que a praça voltará a ficar iluminada nos próximos dias. Veja a íntegra da nota:

A Secretaria de Obras e Serviços Públicos informa que no processo de reforma da Praça, notou-se que o dreno da fonte está danificado, o que comprometeu o cronograma de andamento das obras, uma vez que esse reparo requer um procedimento mais complexo. A pasta ressalta que segue com assentamento das pedras no espaço, cumprindo as demais etapas estipuladas para os trabalhos. Quanto à escuridão da praça, a empresa responsável pela obra havia instalado refletores no local, que precisaram ser desligados recentemente para a troca da fiação do local. Ainda de acordo com a empresa, esses refletores serão recolocados nos próximos dias. 

✅ Quer receber mais conteúdo? Clique aqui e siga o Canal eLimeira Notícias no WhatsApp.